• Aldomar de Castro

Tirador

O tirador é uma peça da indumentária campeira, a qual, segundo o professor Antônio Alvares Pereira Coruja, é uma peça de couro sovado que os laçadores põem ao redor da cintura quando laçam a pé; serve para amparar as ilhargas ao laçador quando estica o laço. Também é usado para pealar com as mesma finalidades, isto é proteger o usuário do tirão do laço. Sobre esta peça as referência que primeiro aparecem na querência de São Pedro m são de Jean-Baptiste Debret, refere-se a um pedaço de couro pendurado na cintura que faz parte de seu costuma. Nicolau Dreys, quando aqui esteve, (1820) também faz referência ao tirador: ‘ os gaúchos usavam por cima do chiripá, o cingidor, pedaço de couro que destinava-se a proteger a perna da fricção do laço. O tirador, sendo exclusivamente uma peça da indumentária de serviço, com o passar do tempo sofreu modificações quanto ao seu formato, dimensão e uso, porém, sempre como traste de atividades campeiras. Os campeiros destros usam o tirador na lado esquerdo, quando estão a pé, quando estiverem montados e vão desempenhar atividades com o laço, passam o tirador para o lado direito, agora com a função de proteger a roupa contra o atrito dos rodilhas do laço. O tirador, também sofreu um processo de adaptação e funcionalidade, na fronteira, nas missões, planalto, serra e Bagé, cada uma dessas regiões o tirador adquiriu um tipo, porém com a mesma finalidade, sempre para proteger as vestes e os membros inferiores do usuário. O tipo de tirador mais usado na fronteira é retangular, com flécos curtos e somente na parte inferior com dois reforços nos cantos superiores de onde saem tiras de couro para prendê-lo à cintura, seu comprimento atinge, mais ou menos, a boca do cano da bota. O tirador usado na região missioneira é muito semelhante ao da fronteira, também de formato retangular, com flécos curtos, reforços nos cantos superiores e preso a cintura com um cinto com fivela, uma espécie de guaiaca. Na região do planalto o tirador apresenta-se com a parte inferior de forma arredondada, como se fossa um retângulo, porém, os cantos inferiores arredondados com flécos em toda sua volta, menos na parte superior onde prende uma tira de couro para ajustar à cintura do usuário. Na serra o tirador também, apresenta-se em forma retangular, com reforços nos cantos superiores onde prende uma tira de couro para fixá-lo à cintura, flécos longos, quase metade do cumprimento do tirador, somente na parte inferior da peça, e, o tipo tirador usado na região de Bagé um couro retangular, semelhante a todos os outros quanto ao comprimento, ultrapassa levemente a boca do cano da bota, cantos superiores reforçados onde fixa tiras de couro para ajustar à cintura, este é o único tipo que não tem flécos. Em síntese estes são os tipos de tirador que o Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore apresenta aos gaúchos interessados em conhecer ou usar esta peça da indumentária campeira. O tirador é uma peça que só se usa em serviço, portanto, não é recomendável e nem tradicional que nela o gaúcho pinte ou aplique desenhos ou letras. Também não é tradicional nem recomendável o seu uso em atividades sociais, tais como fandangos, festas religiosas, almoços e jantas em locais coberto, em síntese: não se usa tirador em toda e qualquer atividade social. O tirador é usado em atividades campeiras ou qualquer outra atividade eqüestre, porém, é lógico seu usuário há de ter conhecimento e perícia com o manejo do laço.

MINGUANTE DE JUNHO DE 2004

CALTARS – “TO”

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

REFLEXÃO

O mundo é um complexo de seres, Que um sempre depende de outro. Ninguém consegue viver neutro, Para desenvolver seus afazeres. Há relacionamento entre poderes, Que forma uma fiel dependência. Longínqu

PIXURUM

P I X U R U M Tenho setenta e nove  anos de idade, sou filho de pequeno agricultor nascido e criado no município de Sobradinho, assentado na região centro-serra do Estado do Rio Grande do Sul, até os

CAPA RURAL

O PONCHO USADO NO PAMPA, DE COR AZUL OU CINZENTA. COM BAETA RETOVADA, NESTE ESTILO SE ESTAMPA. CIRCULAR COMO UMA TAMPA, COM  UMA ABERTURA CENTRO. O USUÁRIO FICA POR DENTRO, COM MOVIMENTO RESTRIT