• Aldomar de Castro

Chasqui

Os Incas chamavam chasquis aos correios que tinham postos pelos caminhos, para levar com rapidez os mandatos do Rei e trazer as novas e avisos que tivessem importância, perto ou longe em seus reinos e províncias. Para isto tinham a cada quarto de léguas ( hum mil e quinhentos metros) quatro ou seis índios moços e ligeiros, que ficavam em duas cabanas para defender-se das inclemências do céu. Levavam os recados de uma cabana para os da outra, um olhava para um lado do caminho e o outro para o outro, para descobrir os mensageiros antes que chegassem até eles e os vissem para transmitir o recado a fim de não perderem tempo algum.

Para isso punham sempre as cabanas no alto e também as punham de maneira que se vissem umas ás outras. As cabanas ficavam um quarto de légua porque diziam que distância é que um índio poderia correr ligeiro e atentamente sem cansar-se.

Chamavam estes correios de CHASQUIS, que quer dizer trocar, andar e tomar, que é o mesmo, porque trocavam, davam e tomavam de um para outro, e de outro para outro, os recados que levavam. O recado ou mensagem que os chasquis levavam era de palavra, porque os índios do Peru não sabiam escrever.

As palavras eram poucas e muito simples e correntes para que não se trocassem e, por serem muitas, não fossem esquecidas.

Levavam outros recados, não de palavras, mas de fios e nós que colocados em determinada ordem, os governantes se entendiam para o que haviam de fazer. Os nós e as cores dos fios significavam o número de pessoas, armas, roupas ou qualquer outra coisa que se houvesse de fazer, enviar ou aprisionar.

Ainda havia outras maneiras de dar avisos. Durante o dia pela fumaça e à noite com labaredas. Os chasquis sempre percebiam o fogo e a fumaça e levavam sempre, de noite e de dia, revezando-se para perceberem qualquer aviso. Este aviso por fogo era somente dado quando havia alguma rebelião no reino. Este era o ofício dos chasquis e os recados que levavam.

O gaúcho tipo forjado de diversas etnias, aculturando hábitos e costumes de todas as raças que lhes emprestaram formação, adicionou este termo com as mesmas funções. (VEJA, Inca Garcilaso de la. Comentários Reaales de los Incas – Peru, 1973)

NOVA DE SETEMBRO DE 2007.

CALTARS – “TO”

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

REFLEXÃO

O mundo é um complexo de seres, Que um sempre depende de outro. Ninguém consegue viver neutro, Para desenvolver seus afazeres. Há relacionamento entre poderes, Que forma uma fiel dependência. Longínqu

PIXURUM

P I X U R U M Tenho setenta e nove  anos de idade, sou filho de pequeno agricultor nascido e criado no município de Sobradinho, assentado na região centro-serra do Estado do Rio Grande do Sul, até os

CAPA RURAL

O PONCHO USADO NO PAMPA, DE COR AZUL OU CINZENTA. COM BAETA RETOVADA, NESTE ESTILO SE ESTAMPA. CIRCULAR COMO UMA TAMPA, COM  UMA ABERTURA CENTRO. O USUÁRIO FICA POR DENTRO, COM MOVIMENTO RESTRIT