• Aldomar de Castro

Hino Rio-Grandense

MÚSICA: Joaquim José de Mendanha

LETRA: Francisco Pinto da Fontoura

REVISÃO: Antonio Tavares Corte Real

Como a aurora precursora

do farol da divindade,

foi o Vinte de setembro

o precursor da liberdade.

Estribilho:

Mostremos valor, constância

nesta ímpia e injusta guerra,

sirvam nossas façanhas

de modelo a toda terra.

de modelo a toda terra.

sirvam nossas façanhas

de modelo a toda terra.

Mas não basta p´ra ser livre

ser forte aguerrido e bravo:

povo que não tem virtude

acaba por ser escravo.

Mostremos valor, constância

nesta ímpia e injusta guerra,

sirvam nossas façanhas

de modelo a toda terra.

de modelo a toda terra.

sirvam nossas façanhas

CRESCENTE DE JANEIRO 2009

CALTARS – “TO”

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Hino Nacional Brasieliro

HINO NACIONAL Poema: Joaquim Osório Duque Estrada Música: Francisco Manoel da Silva Adaptação vocal: Alberto Nepomoceno Ouviram do Ipiranga as margens plácidas De um povo heróico o brado retumbante. E